UNAMA Fashion Day promove debate e desfile de moda no Espaço São José Liberto



Alunos do curso de Moda em visita técnica ao Espaço São José Liberto para organizar o Unama Fashion Day, sob a orientação do professor Fernando Hage e acompanhamento de Luanna Alysse do Núcleo de Desenvolvimento Tecnológico e Organizacional do ESJL | Foto: Ascom/IGAMA
O Espaço São José Liberto recebe o Unama Fashion Day, evento do curso de Bacharelado em Moda da Universidade da Amazônia, amanhã, 27 de maio. O Unama Fashion Day é a fusão de dois eventos já realizados pela instituição em anos anteriores: o Café com Moda e o Mostra Moda 
A programação do Unama Fashion Day é aberta ao público

O Café com Moda é uma mesa-redonda que terá como tema “A imagem da moda”. O debate será realizado a partir das 15h no Mezanino do Espaço São José Liberto e vai discutir questões sobre criação de imagens em editoriais de moda, por meio de mídias sociais e pelo papel da consultoria de imagem. Participarão do debate os convidados Layse Sinatra, influenciadora digital, Diogo Carneiro, produtor de moda, e Laura Navarrete, jornalista de moda e mestranda em Artes, cuja pesquisa aborda o tema moda e sustentabilidade

Em seguida, a partir das 18h, no Coliseu das Artes, os alunos concluintes do curso de Moda entre os anos de 2015 e 2016, com notas excelentes nos Trabalhos de Conclusão de Curso, apresentam no desfile Mostra Moda as suas criações.

O Unama Fashion Day é um projeto que está vinculado à disciplina “Produção de Moda”, ministrada pelo professor e coordenador do curso de Bacharelado em Moda Fernando Hage, e apoiado pela Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia e pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia.

Serviço
Café com Moda - mesa de debate com o tema "A imagem da moda"
Convidados: Layse Sinatra, Diogo Carneiro e Laura Navarrete
Mezanino do Espaço São José Liberto, 15h

Mostra Moda - desfile referente às criações dos alunos concluintes entre os anos de 2015 e 2016 que obtiveram notas excelentes em seu Trabalho de Conclusão de Curso
Anfiteatro Coliseu das Artes, 18h

Evento gratuito

Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto recebe programação do Dia Mundial do Brincar em parceria com a UEPA


Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto | Foto: João Ramid

O anfiteatro Coliseu das Artes do Espaço São José Liberto se transformará no dia 25 de maio em uma praça para a comemoração do Dia Mundial do Brincar. A atividade reunirá crianças de escolas públicas e brinquedistas para, a partir de muitas brincadeiras, promover uma reflexão sobre o direito de brincar e seus significados para o desenvolvimento infantil.

O evento será realizado a partir das 9h, no Anfiteatro Coliseu das Artes. Ana Cristina Guimarães, professora e pesquisadora da Universidade do Estado do Pará, explica que a perspectiva para o evento no dia 25 é uma dinâmica com brincadeiras de roda e que envolvam movimentos do corpo das crianças do ensino infantil, primeiro e segundo ano de escolas públicas municipais e estaduais que irão participar desse momento de integração. Segundo ela, esse momento será “a culminância do evento que é um movimento de todas as brinquedotecas em defesa ao direito da criança de brincar”.

A iniciativa é coordenada pela Brinquedoteca Joana D’arc, Biblioteca Pública Arthur Vianna e Fundação Cultural do Pará e irá promover palestras, oficinas, cinema, recreação e contação de histórias entre os dias 23 e 25 de maio. Além do Espaço São José Liberto, as atividades também vão ocorrer na Fundação Cultural do Pará e no Curro Velho.

Esta ação que ocorrerá no ESJL é resultado da parceria entre a Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia e Universidade do Estado Pará por meio do Núcleo de Arte e Cultura que tem como objetivo fortalecer parcerias com universidades públicas ou privadas, bem como entidades do 3º setor visando a realização de ações culturais destinadas ao público infantil, jovem e adulto.

Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto recebe Recital de Canto Lírico com alunos da UFPA

Capela do Espaço São José Liberto | Foto: João Ramid

Nesta quinta-feira (25), às 18h, a Capela do Espaço São José Liberto recebe o Recital Vozes Paraenses que mostra novos talentos do canto lírico na classe da professora Márcia Aliverti da Escola de Música da Universidade Federal do Pará (Emufpa).

Os jovens cantores da Emufpa interpretarão canções brasileiras e internacionais, além de famosas árias de ópera. A abertura do Espaço São José Liberto para eventos musicais e artísticos objetiva divulgar o que está sendo produzido nas instituições de ensino, revelando novos talentos e apresentando grupos renomados em espetáculos de qualidade que ajudam a inserir no mercado novos nomes da música paraense.

Em um exercício de promoção da pesquisa, aprendizagem musical e integração social da arte com o público, os eventos são realizados pela Emufpa e pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), organização social que gerencia o espaço, mantido pelo Governo do Pará, em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme). A parceria entre as duas instituições pretende fortalecer os laços já existentes entre elas e a iniciativa colabora com a divulgação do conhecimento e da produção cultural e artística da Emufpa.


Serviço
Recital Vozes Paraenses da Escola de Música da Universidade Federal do Pará
Espaço São José Liberto, Capela, 18h

Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto recebe momento de integração entre colaboradoras da Secretaria de Estado de Planejamento

Colaboradores da SEPLAN em visita ao Espaço São José Liberto | Foto: Ascom/IGAMA
O Espaço São José Liberto recebeu as colaboradoras da Secretaria de Estado de Planejamento (SEPLAN), no último dia 19, para uma visita monitorada ao ESJL em alusão ao Dia das Mães, que ocorre no segundo domingo de maio. O ESJL também ofertou um brinde para sorteio entre as treze participantes da visita.

No São José Liberto, as visitantes puderam conhecer a Capela, o Museu de Gemas do Pará - que reúne um dos mais completos acervos arqueológico e gemológico do Brasil -, a Cela Cinzeiro (Memorial) e o Jardim da Liberdade. A visita foi monitorada pelo técnico Alexandre Cordovil, do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), Organização Social que gerencia o Espaço São José Liberto, mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme).

O momento de integração é uma iniciativa do Governo do Pará por meio da SEPLAN, por meio da Coordenadoria de Recursos Humanos (CRH), que realiza o Programa SEPLAN Cultural em que oferece oportunidade de ampliação do conhecimento aos seus colaboradores no que se refere ao conhecimento do patrimônio histórico de Belém. 

Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Embaixador da Argélia no Brasil visita Espaço São José Liberto

Embaixador da Argélia no Brasil Toufik Dahmani em visita ao Espaço São José Liberto | Foto: Ascom/IGAMA
Esteve no Espaço São José Liberto (ESJL) – Polo Joalheiro do Pará na última quarta-feira, 17, o embaixador da Argélia no Brasil Toufik Dahmani.  No local, o visitante foi recebido por Carmen Macedo, gerente de Eventos do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama), com acompanhamento do monitor Felipe Thiago Santa Brígida. O embaixador conheceu sobre a história do prédio com mais de 200 anos de existência onde, hoje, funciona o espaço multisetorial que promove o desenvolvimento econômico, tendo a cultura como elemento indutor.

No São José Liberto, o visitante pode conhecer a Capela, o Museu de Gemas do Pará - que reúne um dos mais completos acervos arqueológico e gemológico do Brasil –, o anfiteatro Coliseu das Artes, a Casa do Artesão, a Cela Cinzeiro (memorial), o Jardim da Liberdade, o Espaço Moda e loja de joias Una.


O embaixador também pode ver de perto as joias, gemas, artesanatos e acessórios de moda, assinados por designers, estilistas e mestres artesãos, e produzidos por grupos de micro e pequenos empresários locais. Os produtos são expostos para comercialização neste espaço de efervescência de talentos, que tem como ponto de partida a sustentabilidade, a natureza e o imaginário amazônico, gerando trabalho e renda direta a um grupo de mais de mil empreendedores criativos.


Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

10º edição do Fórum de Moda da Amazônia promove debate sobre sustentabilidade, identidade amazônica e mercado

Exposição "O novo luxo" desenvolvida pelos alunos do 2º período do curso de Design de Moda da Estácio/FAP
Foto: Ascom/IGAMA

A décima edição do Fórum de Moda da Amazônia será realizada no Espaço São José Liberto no próximo dia 20 de maio com o tema “Sustentabilidade e o novo luxo”. O evento é realizado pelo curso de Design de Moda da Estácio FAP com o apoio do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia e terá na programação palestra, exposição e mesa de debate.

O evento começará às 9h com palestra em formato de conversa com a designer Bárbara Müller, mediada pela professora Milena Castro, com o tema “A identidade amazônica como valor agregado nas joias”. Barbara Müller é graduada em Design de Produtos pela Universidade do Estado do Pará (Uepa) e ingressou no Programa Polo Joalheiro em 2010. As criações da designer já foram expostas em eventos realizados em países como a França, Itália, Londres e Portugal, por meio de convites, por iniciativa própria ou em parceria com empresas e com o Polo Joalheiro do Pará e IGAMA.

Às 11h será a abertura da exposição “O novo luxo da Amazônia” desenvolvida pelos alunos do 2º período do curso de Design de Moda, Espaço de Exposições do ESJL. A professora Felícia Assmar Maia, jornalista especializada em moda, coordenadora do curso de Design de Moda e do Fórum de Moda, explica que “Na exposição são trabalhados materiais novos e diferenciados para usar como matéria-prima para a moda, como a fibra de tururi, couro de peixe e outros”.

“O Espaço São José Liberto se consolidou sob o signo da Moda, uma vez que é um espaço que sempre abriu suas portas para sediar a moda, quer em produtos, quer em eventos e ainda apoiando e investindo na capacitação profissional de artesãos e designers”, comenta a professora Felícia. A parceria entre o curso de Design de Moda e o ESJL já é sólida, pois também ocorrem outros eventos da área, como o Amazônia Fashion Week (AFW) e o Encontro Paraense de Moda e Artesanato (Epama).

Por fim, às 14h30, será realizada a mesa de debate “Brechós, bazares e upcycling” com a participação das desginers Jackye Carvalho, Lizziane Santos, Lucilene Carvalho e Luciana Cavalcante.

Setor produtivo x produção acadêmica

Para a professora Rosa Helena Neves, diretora executiva do IGAMA, o apoio institucional e a parceria formada com a Estácio FAP por meio do curso de Design de Moda constituem-se numa iniciativa que visa fomentar a integração entre o setor produtivo e a produção acadêmica com vistas a contribuir para a formação empreendedora dos futuros profissionais de design de moda, além de alinhar ações de políticas públicas de mercado de trabalho e acesso ao mercado dos produtos de moda.

Trata-se de uma parceria que permite o diálogo entre esses dois setores atraindo novos empreendedores do setor de moda. O diálogo existente se efetiva em três dimensões: troca e produção de conhecimento X experiências; aproximação entre os dois setores com valorização de conteúdos gerados pelas pesquisas promovidas pelos setores; divulgação da dinâmica de geração de conhecimento.

Nesse percurso de integração setorial, o estudante e pesquisador identifica o funcionamento do mercado, as inovações e as transformações dos produtos a partir do funcionamento da economia criativa na sociedade do conhecimento. Os profissionais engajados no setor produtivo demonstram os diferenciais dos seus produtos e a sua relação com o mercado.

Serviço
Palestras “A identidade amazônica como valor agregado nas joias”, 9h, Mezanino do Espaço São José Liberto.
Exposição “O novo luxo da Amazônia”, 11h, Salão de Exposições.
Mesa de debate “Brechós, bazares e upcycling”, 14h30, Mezanino do Espaço São José Liberto
O evento é aberto ao público e as inscrições para participar do evento podem ser feitas pelo e-mail colherdechadamoda@yahoo.com.br ou no dia do evento.

Ascom/IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto promoveu homenagem às mães no último fim de semana

Fotos: Ascom/IGAMA

No último sábado, 13 de maio, véspera do Dia das Mães, foi realizada a missa em Ação de Graças, pelas mães, no Coliseu das Artes, no Espaço São José Liberto. O evento foi realizado pela Escola Santa Emília em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA) e a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia, mantenedor do Espaço São José Liberto.

Carmen Macêdo, gerente de eventos do Espaço São José Liberto, explica que a homenagem dos alunos para suas mães se estendeu até às funcionárias do Instituto de Gemas e Joias da Amazônia e a comunidade do entorno: “nós mudamos o nome para missa das mães da Escola Santa Emília e das mães do IGAMA, tanto funcionárias, como lojistas, designers, produtoras, afinal, todas somos mães e também se tornou um evento comum, há mais de cinco anos, sempre na véspera de dia das mães”. O evento é uma estratégia de promoção do ESJL que acessa ao público escolar os serviços e produtos do Espaço, além de remeter a memória do lugar que celebrava missa em comemoração ao dia das mães.

Visita da Coleção de Joias Dia das Mães 2017
Fotos: Ascom/IGAMA


Na ocasião, os participantes da missa também puderam visitar a exposição das peças da Coleção de Joias Dia das Mães 2017, do Programa Polo Joalheiro do Pará, que estiveram expostas para visitação no Salão de Exposições do Espaço São José Liberto, até dia 14 de maio.
Ao todo, cerca de 100 peças, feitas em ouro e prata com gemas minerais, orgânicas e vegetais, participam da exposição. As joias foram produzidas por 34 empresas e produtores designers e criadores, todos participantes do Programa Polo Joalheiro do Pará. A exposição apresentou o talento dos designers e criadores que integram a cadeia produtiva do setor de gemas e joias paraense. Os brincos, anéis, colares e pulseiras são inspirados no amor materno. As peças agregam beleza, afeto e representam a singularidade do afeto entra mães e filhos.

Participaram da edição 2017 da Coleção de Joias Dia das Mães, do Polo Joalheiro, os seguintes designers, criadores, empresas e produtores: Ana Maria Oliveira, Anginaldo Gaia, Brenda Lopes, Camilla Amaral, Ednaldo Pereira, Fares Farage, Francisco de Assis, Gervásio Pontes, Hanna Mariah, Helena Bezerra, Ivete Negão, Joelson Leão, Joseli Limão, José Odir, Jorge Duarte, Juliana Reis, Layse Lobatto, Leila Salame, Lúcia Góes, Marcilene Rodrigues, Mônica Reis, Rosáurea Simões, Amajoia, Amazon Arte, Art Gold, Art Joias da Amazônia, Bl Joias, Danatureza, HS Criações e Design, Rhama Gemas e Joias, Sila Basila, Ourogema e Joiartmiro.

A exposição foi uma realização do Governo do Estado do Pará por meio da Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia.

Ascom IGAMA




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Espaço São José Liberto promove Coleção de Joias Dia das Mães 2017


Por mais um ano, o Espaço São José Liberto realiza a exposição temática para divulgar a Coleção de Joias Dia das Mães 2017. As peças estão expostas para visitação no Salão de Exposições do Espaço São José Liberto, até o dia 14 de maio.
Ao todo, cerca de 100 peças, feitas em ouro e prata com gemas minerais, orgânicas e vegetais, participam da exposição. As joias foram produzidas por 36 empresas e produtores e 22 designers e criadores, todos participantes do Programa Polo Joalheiro do Pará.

Foto: Ascom Igama


A exposição apresenta o talento dos designers e criadores que integram a cadeia produtiva do setor de gemas e joias paraense. São brincos, anéis, colares e pulseiras inspiradas no amor, carinho e singularidade materna. As peças também são opções de presentes, que agregam beleza e afeto, já que os itens também estão disponíveis para venda.
A exposição é realizada pelo Governo do Estado do Pará por meio da Secretaria de Estado pelo Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia em parceria com o Instituto de Gemas e Joias da Amazônia.

Serviço
Exposição Coleção de Joias Dia das Mães 2017
Espaço São José Liberto, Salão de Exposição - até 14 de maio.
De terça a sábado, de 09 às 18:30h; domingos e feriados, de 10h às 18h.
Entrada franca.

Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

Missa em Ação de Graças pelas mães será realizada no Espaço São José Liberto no dia 13 de maio

Coliseu das Artes | Foto: João Ramid

No próximo sábado, 13 de maio, véspera do Dia das Mães, será realizada a missa em Ação de Graças, pelas mães, a partir das 9h30, no Coliseu das Artes, no Espaço São José Liberto. O evento é realizado pela Escola Santa Emília e pelo Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (IGAMA), aberto à comunidade.
Na ocasião, os participantes da missa também poderão visitar a exposição de joias da Coleção de Joias Dia das Mães 2017, do Programa Polo Joalheiro do Pará que está aberta para visitação até o domingo das mães, 14 de maio, no Salão de Exposição do ESJL.

Serviço
Missa em Ação de Graças pelo Dia das Mães
Espaço São José Liberto, Coliseu das Artes, 9h30.


Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.

São José Liberto fechará no Carnaval

Fachada do Espaço São José Liberto. Foto: João Ramid
                                      
A direção do Espaço São José Liberto/Polo Joalheiro do Pará (Praça Amazonas, s/n, Jurunas) informa que o local não abrirá ao público no período de 26/02 (domingo), 27/02 (segunda), 28/02 (terça) e 01/03 (quarta), feriado de Carnaval. A partir do dia 02/03 (quinta), o funcionamento volta ao seu horário normal: de terça a sábado, das 9h às 18h30, e aos domingos, das 10h às 18h.

No local, funcionam a Casa do Artesão, o Jardim da Liberdade, o Memorial, a Capela, o Museu de Gemas do Pará e as lojas de joia. O espaço é mantido pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), sendo gerenciado pela organização social Instituto de Gemas e Joias da Amazônia (Igama).


Ascom Igama




Não deixe de comentar essa matéria! Seu comentário é importante para nós.
Postagens Antigas
Inicio
Contador acessso